O Encontro - The Walk - Richard Paul Evans



Alan Christoffersen tem a vida perfeita, por volta dos 30 anos já é dono de uma empresa de publicidade bem sucedida, tem uma esposa maravilhosa que foi seu primeiro amor, os dois viajaram sempre para os melhores lugares, luxos não faltam. Até que ele perde tudo isso!

McKale, sua esposa, sofre um acidente andando a cavalo e Alan se dedica a cuidar dela, e logo no começo nós vemos como eles se amam e como o livro é narrado pelo Alan dá para sentir todo o sofrimento e a preocupação dele, ele só quer que sua esposa fique bem. Enquanto eles estão no hospital, seu melhor amigo e sócio dá um golpe em sua empresa.



Tudo isso acontecendo em menos de um mês destrói o personagem, ele sente como se estivesse perdendo sua vida, é aí que ele decide caminhar até Key West na Flórida, e ele mora em Seattle. Então ele vai caminhar até o ponto mais distante do mapa para conseguir fugir do seu passado, recomeçar e para ter um propósito para levantar da cama todo dia.

Esse é apenas o começo do livro, a narrativa se passa por todos os lugares onde o Alan caminha, todas as pessoas que ele conhece e por todos os desafios que ele está enfrentando, a grande questão entre desistir ou continuar em frente (literalmente) O mais legal é que em toda a viagem o Alan sempre escreve em seu diário, e o livro é como se fosse o diário dele as vezes ele fala com o leitor, mas quase sempre são os pensamentos dele em tempo real. E todo começo de capítulo tem uma parte do diário que vai falar sobre o capítulo.



O Alan é o cara perfeito, ele tinha uma vida maravilhosa antes e agora, apesar de tudo, ele conseguiu seguir o sonho da maioria. Deixar tudo para trás e sair andando, conhecer novos mundos, novas culturas e novas pessoas.

O livro é cheio de histórias emocionantes, tem partes engraçadas, partes sufocantes quando os pensamentos do Alan se tornam tão sombrios que isso suga no leitor. Mas na maior parte o livro fala sobre esperança, ter esperança em tudo na vida e tentar tirar o melhor de cada dia.

O que eu amo nessa série e no autor é que sempre que eu estou lendo me dá essa vontade de ser melhor, de ir atrás dos meus sonhos, de viver! Então recomendo para todo mundo que precisa de um incentivo, de esperança ou só de uma boa leitura :D

TAG - Mitos da Depressão



Oooi pessoal, tudo bom com vocês? Finalmente estou de férias, então posso aproveitar para passar o dia inteiro lendo <3 Ia postar outra resenha hoje, mas aí ficaria muito repetitivo o blog HUSAHSUA Por isso, hoje eu trouxe uma tag super legal, criada pelos blogs Eu li e você? e Toca dos Livros,
E é uma tag maravilhosa que envolve mitologia e livros \o/



Philos nos mostra um amor fraternal, Eros nos mostra o amor carnal e Ágape se refere ao amor sacrificial, que você não pede nada em troca. As três formas de amor podem se manifestar em três níveis e estes se completam.




Philos: "Aquele livro que te ajudou, foi para você como um irmão sempre com os melhores conselhos."
Como Eu Era Antes de Você, tudo que um personagem ensinava para o outro mexia comigo e com certeza esse livro me fez repensar tudo sobre a vida, as pessoas e até sobre eu mesma.


Eros: "Um livro que te proporcionou prazer e a vontade de viver tudo que era descrito."
Anna e o Beijo Francês, tem como não querer viver um amor desses EM PARIS? Não né HSUASH


Ágape: "Aquele personagem que você deseja cuidar."
Extraordinário - Auggie, quem já leu sabe que esse menino é tão especial, não pela aparência mas sim pelo coração, ele é um amorzinho e tudo que ele passava eu só queria abraçá-lo <3


As três fúrias eram espíritos femininos de justiça e vingança; Alecto é implacável, espalha pestes e maldições. Megera personifica o rancor, inveja e ciúme. Tisífone enlouquece os culpados, vinga as vítimas de assassinato.



Alecto: "Um livro que te deixou morrendo de raiva."
Bem Mais Perto, esperei o livro todo para ter algo espetacular acontecendo e o final foi tão sem graça, já tinha adivinhado tudo que aconteceria porque realmente. não teve nada de mais.


Megera: Aquele livro perfeito que você morre de ciúmes.
Proibido <3 Meu livro, ninguém toca! Amo tudo sobre esse livro, a estória, os personagens, essa edição maravilhosa, Editora Valentina está de parabéns. E morro de ciúmes sim, porque acho que alguns não vão entender o livro e vão querer julgar meus bichinhos <3


Tisífone: "Aquele livro enlouquecedor."
É nessa parte que você pensam: "hmm um livro enlouquecedor porque é hot" não! Diário de uma Submissa é um livro enlouquecedor porque tem tortura psicológica e eu não aguento, eu só queria mandar a personagem principal sair correndo e nunca mais voltar. Muita tortura.

TAG - Mitos da Depressão



Oooi pessoal, tudo bom com vocês? Finalmente estou de férias, então posso aproveitar para passar o dia inteiro lendo <3 Ia postar outra resenha hoje, mas aí ficaria muito repetitivo o blog HUSAHSUA Por isso, hoje eu trouxe uma resenha super legal, criada pelos blogs Eu li e você? e Toca dos Livros,
E é uma tag maravilhosa que envolve mitologia e livros \o/



Philos nos mostra um amor fraternal, Eros nos mostra o amor carnal e Ágape se refere ao amor sacrificial, que você não pede nada em troca. As três formas de amor podem se manifestar em três níveis e estes se completam.



Philos: "Aquele livro que te ajudou, foi para você como um irmão sempre com os melhores conselhos."
Como Eu Era Antes de Você, tudo que um personagem ensinava para o outro mexia comigo e com certeza esse livro me fez repensar tudo sobre a vida, as pessoas e até sobre eu mesma.


Eros: "Um livro que te proporcionou prazer e a vontade de viver tudo que era descrito."
Anna e o Beijo Francês, tem como não querer viver um amor desses EM PARIS? Não né HSUASH


Ágape: "Aquele personagem que você deseja cuidar."
Extraordinário - Auggie, quem já leu sabe que esse menino é tão especial, não pela aparência mas sim pelo coração, ele é um amorzinho e tudo que ele passava eu só queria abraçá-lo <3


As três fúrias eram espíritos femininos de justiça e vingança; Alecto é implacável, espalha pestes e maldições. Megera personifica o rancor, inveja e ciúme. Tisífone enlouquece os culpados, vinga as vítimas de assassinato.



Alecto: "Um livro que te deixou morrendo de raiva."
Bem Mais Perto, esperei o livro todo para ter algo espetacular acontecendo e o final foi tão sem graça, já tinha adivinhado tudo que aconteceria porque realmente. não teve nada de mais.


Megera: Aquele livro perfeito que você morre de ciúmes.
Proibido <3 Meu livro, ninguém toca! Amo tudo sobre esse livro, a estória, os personagens, essa edição maravilhosa, Editora Valentina está de parabéns. E morro de ciúmes sim, porque acho que alguns não vão entender o livro e vão querer julgar meus bichinhos <3


Tisífone: "Aquele livro enlouquecedor."
É nessa parte que você pensam: "hmm um livro enlouquecedor porque é hot" não! Diário de uma Submissa é um livro enlouquecedor porque tem tortura psicológica e eu não aguento, eu só queria mandar a personagem principal sair correndo e nunca mais voltar. Muita tortura.

Lançamento Prometida - Carina Rissi - SP


Dia 5 de Novembro ocorreu o Lançamento de mais um livro da Carina Rissi, dessa vez foi Prometida, o quarto livro da Série Perdida <3 Foi na Saraiva do Center Norte e foi tudo muito bem organizado, eles distribuíram as senhas para um bate papo e uma sessão de autógrafos com a autora. O evento ocorreu numa sala que tinha uma arquibancada gigante e super confortável, onde foi possível aproveitar o lançamento.

O evento foi mediado pela Karina Andrade, que é uma fofaa <3 Teve um bate papo com a autora, e todos que estavam no evento puderam contar suas histórias (hilárias) envolvendo os livros da Carina! Teve até o Enem da Carina Rissi (sim, o evento foi no mesmo dia do enem HSUAHSUA) Quem respondesse mais perguntas sobre a autora e seus livros, ganhava marcadores de Prometida autografados! Mas é claro que todos que estavam no evento ganharam marcadores \o/

Eu já tinha tido a oportunidade de conhecer a Carina na Bienal do Rio e ter Encontrada autografado, e de novo, ela foi um amor <3 Conversou comigo, contei que a minha capa favorita é a do Destinado, ela disse que também é a favorita da mãe dela, que a mãe dela entra nas livrarias e sempre procura pelo Destinado, se tem algum livro na frente, ela "arruma", faz carinho no livro. Eu falei que eu sou igualzinha HSUAHSHAU Não posso ver Perdida/Destinado na livraria que já vou lá amar HSUAHSUAH




Como eu acompanho a Carina nas redes sociais e já tinha visto ela falando que estava indo para uma prova de fogo já que sua filha estava lendo Perdida pela primeira vez, perguntei se ela tinha gostado e a Carina, *aliviada* disse que sim HSUASHAHU Muito amor <3



Já comecei a ler Prometida lá na fila mesmo, e estou amando <3 Prometida se passa alguns anos após Destinado e é na visão da Elisa, irmã do Ian. Está bem diferente do que eu imaginei que seria, afinal a Elisa está diferente, muitas coisas aconteceram, coisas que ninguém além dela sabem. Está maravilhoso, leiam Perdida, leiam Prometida, leiam tudo da Carina <3 E vou deixar aqui em baixo a sinopse para vocês ficarem curiosos também.


"Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem iguais e os bailes há muito deixaram de trazer algum prazer a ela. Não que seja uma surpresa, pois sempre que ela está presente os eventos se tornam um desastre! E é injusto, já que ela foi uma boa moça a vida toda. Nascida em uma das famílias mais influentes, a jovem aprendeu desde pequena a respeitar as normas sociais e se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas!

Um beijo com o qual Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou irrevogavelmente pelo belo e gentil jovem médico e que, como acontece nos contos de fadas, mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Como consequência, agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu viver em outro continente. Tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim. 

Mas Elisa não sabe que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir. 
Destinados a ficar juntos, mas separados por seus corações, eles se envolverão em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão que colocará em perigo não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos."

À Procura de Audrey - Sophie Kinsella


Olá pessoal, todo mundo sabe que a Sophie Kinsella é a rainha dos chick-lits, então quando ela anunciou que ia lançar um livro yougn adult, com uma personagem adolescente todo mundo ficou com o pé atrás. E como a autora é rainha, ela não decepcionou. Por isso, hoje eu estou aqui para fazer a resenha da minha melhor leitura de 2016.

(Tá tudo bem começar a resenha já babando no livro né? HSUAUHS) A estória começa mostrando um dia normal na vida dessa família, o filho caçula está correndo e gritando feliz por aí, o adolescente está gritando desesperado, o pai está dormindo e a mãe está gritando da janela e ameaçando jogar o notebook do filho pela mesma. Ah claro, e tem a Audrey que é a celebridade da família.

A mãe fica furiosa quando percebe que seu filho é um viciado.... Em videogames, por causa disso ela decide quebrar o notebook para que ele não passe mais o dia e a noite inteira jogando LoC (bem parecido com LoL, por sinal) Até aí a Audrey de apenas 14 anos parece ser a mais normal da família, até que ela nos conta que não vai a escola há meses, ela sempre usa óculos escuros e ela não consegue mais conversar com a mãe porque a mãe fica procurando sinais em tudo o que ela diz e faz. E a Audrey tem uma psicóloga.

A trama é narrada em primeira pessoa pela Audrey e as vezes ela fala com o leitor, como se fosse um diário onde ela conversa com quem lê. Aos poucos vamos descobrindo por tudo o que ela passou com relação a bullying, e todos os problemas que isso acarretou. Alguns "episódios" infelizes em sua vida, os óculos e o medo.


Quando o irmão dela chama o Linus para ir na casa dele jogar LoC é que começa o problema, a Audrey pira já que ela não consegue se relacionar com ninguém que não seja da família, e ao mesmo tempo o Linus se mostra muito simpático, atencioso, divertido, engraçado, inteligente.. Bonito! Audrey tem 14 anos, está tendo a primeira paixonite e está morrendo de medo disso <3

A psicóloga manda a Audrey grava "vlogs" do dia dela, da família, de tudo o que ela achar importante. Afinal, ver o mundo atrás de uma câmera é mais fácil do que fazê-lo pessoalmente.
Várias partes do livro são roteiros com as falas e ações que ocorrem nos vídeos.

A cada página vamos descobrindo tudo o que a Audrey sente, tudo o acontece na cabeça dela, todos os medos, toda a paranoia incontrolável (que você achava que era "frescura") a ansiedade. E se você já sofreu bullying, se você já se sentiu tão julgado por alguém que isso te travou, te deixou aterrorizado, com medo de viver e tudo acontecer de novo, você vai se identificar com a Audrey de uma maneira gigantesca. Ela é uma garotinha amável, que já sofreu muito e está com medo disso acontecer de novo. E no meio de tudo isso ainda tem o Linus <3

Apesar de tratar de temas muito pesados E MUITO IMPORTANTE PARA OS ADOLESCENTES, a Sophie conseguiu equilibrar o drama e a comédia (e claro, o romance <3) É um livro maravilhoso para se ler em um dia e terminar a leitura suspirando e querendo abraçar a Audrey <3

E pra finalizar, uma fotinha minha com a britânica mais fofa do mundo <3


Ed Sheeran - Book Tag


Olá pessoal, hoje eu estou aqui para responder uma tag super legal que relaciona as músicas do Edinho com livros <3 Não tem coisa melhor né, então vem ver minhas respostas :D

Músicas:

1. Take it back: um livro que você se arrependeu de ter comprado
Conselho de Amiga. Só digo uma coisa: Quero meu dinheiro de volta!

2. One: o primeiro livro que te marcou
Crepúsculo <3 Apesar de todo o mimimi é meu amorzinho e foi o primeiro livro que eu li, e consequentemente, o primeiro que me marcou.

3. Kiss me: um livro que tenha um personagem que você se apaixonou loucamente
Ian Clarke de Perdida, como eu fiquei apaixonada por esse homem. Gente ele é um cavalheiro do século 19, é safado, tem um sorriso malicioso <3 E ainda cora quando ta com vergonha.

4. The A Team: um livro que faz parte do seu top 5 da vida
O Encontro, foi um livro que mexeu muito comigo e eu o li no momento ideal, então tudo colaborou para ele entrar no meu top 5.

5. The City: um livro que se passa em alguma cidade que você ama
Anna e o Beijo Francês que se passa em Paris, uma cidade que eu amo apesar de nunca ter ido pra lá SHAUSH

6. One Night: um livro que você virou a noite lendo
Stolen, Carta Ao Meu Sequestrador, comecei de tarde e só parei de ler na manhã do dia seguinte quando eu terminei. Leiam!!

7. Let it out: um livro que assim que você acabou fez você sentir que precisava conversar com alguém sobre
Como Eu Era Antes De Você, quando eu terminei precisei falar com todo mundo sobre esse livro, explicar e contar o que eu senti e o que sofri com esse livro, tentar explicar minha relação de amor e ódio.

8. You Break Me: um livro que te deixou bem mal
Proibido, tem a resenha dele aqui! Não consigo nem explicar como eu sofri com esse livro, é um dos meus favoritos mas eu nunca leria de novo, passei semanas mal.

9. Smile: um livro que te deixou bem feliz
O Segredo de Emma Corrigan foi um livro que me fez rir muito, do começo ao fim então me deixou feliz.

10. I can't spell: um livro ou um autor que você não consegue pronunciar


Cecilia Ahern é uma autora que eu adoro mas sempre pronuncio de uma forma diferente HUSAHS

AWKWARD


Awkward é uma série da MTV que acabou recentemente, e como eu fiquei bem nostálgica no final decidi fazer uma resenha com uma visão positiva da série, porque ela decaiu muito lá pela 3/4 temporada, mesmo assim vale a pena.

Jenna Hamilton é a típica garota invisível do ensino médio que anda pelos cantos babando pelo famoso jogador de futebol Matty Fucking McKibben. Ela só vai receber a atenção do bonitão, e de toda a escola, quando passar por um suposto suicídio e receber high-fives o tempo todo.



E pouco antes do "suicídio" a Jenna recebeu uma carta maldosa em anônimo que acabava com a menina, então além da vergonha que ela passa por ter que andar assim pela escola, ela ainda precisa descobrir quem sabia tanto sobre ela e a odiava tanto a ponto de escrever coisas como:  “Jenna, você poderia desaparecer que ninguém notaria". Assim ela se torna popular, da pior maneira possível.


"Você leu o meu blog? Minha vida é uma bagunça"

A Jenna é gente como a gente, vive indecisa, quer tudo e ao mesmo tempo não quer nada daquilo. Escreve tudo o que acontece na sua vida no blog!! Ela tem um grupinho de amigos que no final da série vão estar bem diferente de como eles começaram, alguns novos vão surgir e outros vão acabar indo embora, como realmente acontece no ensino médio.

"Eu não me amava o bastante para deixar você me amar"

Tem personagens maravilhosos que mereciam um spin-off tipo a Sadie que é a maior bitch mas ninguém consegue deixar de amá-la. A Val que é a conselheira da escola mas ela é quem precisa de ajuda HAHAH Os pais da Jenna são bem legais (em certos momentos) e são aquele casal meloso do ensino médio que todo mundo falava que não ia durar e eles acabaram casados e com filhos.

Sadie <3

O Matty era um babaca no começo mas ele evoluiu tanto e ser tornou o melhor personagem da série, ele passou por vários problemas, enlouqueceu na hora de decidir qual carreira seguir por resto da vida, como muitos de nós também enlouquecemos né HUSAHSU Mas ele aprendeu muito com os relacionamentos e virou o amorzinho que ele é <3


Awkward é a famosa série que não soube a hora de parar, as primeiras temporadas são ótimas, super engraçadas mas depois ela decaí até que na última temporada ela melhorou bastante. Não sei se foi porque na 5ª temporada eles estavam  se formando e indo para a faculdade, e  coincidiu com o que eu também estava passando, mas eu sinto que me formei junto com essa galera, e que acompanhei as mudanças de cada um da mesma forma que eu fiz com meus amigos. Na última temporada eu realmente me senti parte de Awkward.



O melhor da série é que ela tem uns ensinamentos muito bons, como: "Escolha você mesma, a cima de qualquer garoto ou relacionamento", "Mulheres não precisam de um pênis para serem bem-sucedidas", "Não use drogas, você vai se tornar uma", "Encontre algo no qual você é realmente boa e deixe isso acabar com você" e o mais importante para mim "Você pode sim, ir sozinha ao baile e ainda se divertir" essa se aplica para tudo na vida!


Tudo bem que Awkward teve lá seus momentos ruins mas também tivemos Matty sem camisa \o/ Os episódios são de 20 minutos e a série tem 5 temporadas no total, infelizmente não tem no Netflix, mas passa direto na MTV e é fácil achar online.


Maratonas para as Férias

Oooi pessoal, tudo bom com vocês? Finalmente estou de férias da faculdade, amém, e espero que vocês também estejam porque não há nada melhor do que ficar em casa, relaxar, comer umas besteiras e fazer várias maratonas né.


Por isso quando eu vi um post no blog Estação 97 falando sobre os livros e séries que a Pathy queria ver nessas férias, pensei:"Ótima maneira de compartilhar séries e livros amorzinhos e não desistir e passar as férias inteira dormindo" HAUSHAHU Então vamos ver os filmes, as séries e os livros que eu enrolei e deixei para as férias \o/

SÉRIES


Lucifer - 1 Temporada
Só vi os 2 primeiros eps e adorei, achei o tio Lu super irônico e bad boy <3 SUAHSAU

Orange Is The New Black - 3 e 4 Temporadas
Parei no hiatus da season 2 e não voltei até agora, adorei as primeiras seasons mas falaram que a 3 é bem chata, me digam se isso é verdade ou não \o/

The Girlfriend Experience - 1 Temporada
Menores de 18, não assistam! Vi os primeiros eps e AMEI <3 Conta a estória de uma estudante de direito que se envolve no mundo da prostituição (de luxo) e é um drama super bom, mas com cenas explicítas. Não assista com a família! HSUAHSUAH



The 100 - 3 Temporada
AMEI a season 1, gostei bastante da season 2, e só pelos spoilers já não curti a season 3 HSUAHSUA The 100 é meu amorzinho mas estou com medo de terem estragado alguns personagens, tomara que não.

Orphan Black - 3 e 4 Temporadas
Outra que parei no hiatus e por algum motivo inexplicável não voltei HUSAHA Estou bem empolgada para ver o desenvolvimento dessa série.

The Originals - 2 e 3 Temporadas
Amei a season 1 mas demorei tanto para voltar a ver que não lembro de mais nada HSUAHSUH Se eu estiver com coragem vou rever a season 1 \o

Séries para maratonar em 1 dia

Manhattan Love Story - Finalizada com 11 episódios 
Parece ser um amorzinho, e ainda se passa em ny <3

Marry Me - Finalizada com 18 episódios 
Gritei de tanto que eu ria no primeiro ep, com certeza preciso assistir.

The Family - Finalizada com 12 episódios
Suspense com um ar de investigação policial, KERO

FILMES
Para os filmes eu não incluí os que estão nos cinemas agora, peguei mais aqueles filmes clássicos, que TODO mundo já assistiu menos eu HSUAHS E os que eu estou morrendo de vontade de ver e ainda não vi por preguiça HUSAHS


A Bruxa de Blair - Tubarão - Lolita
Tenho até vergonha de falar que ainda não vi esses filmes.


Amores Imaginários - Qual Seu Número? - Como Perder um Homem em 10 Dias
Umas comédias românticas nunca fizeram mal a ninguém, né nom!



Ex Machina - Califórnia - Cidades de Papel
Um indicado ao Oscar, um nacional e uma adaptação <3 


LIVROS
Priorizei os que estão emprestados, e alguns que comprei recentemente e estou louca para ler \o


Eco - Eu Estive Aqui
MIGAS, VOU DEVOLVER, PROMETO SHASHAUH

Puros - O Fim de Todos Nós
Comprei numa promoção da amazon e paguei 5 reais em cada \o/ E as estórias parecem ter tudo para serem boas. Só descobri que Puros não era livro único depois que comprei, agora tenho que ir atrás das continuações HSUAHS


Os 13 Porquês
Li até a metade e AMEI, só parei por causa das provas ZzzZz Falo sobre suicídio então não tem como não se arrepiar.

Guerra dos Tronos
Estou lendo e não pretendo terminar nas férias HSUAHSUH Pretendo terminar algum dia.

Não sei onde vou arranjar tanto tempo pra fazer tudo o que eu quero mas vambora fazendo HUAHSAHU Me contem o que vocês estão lendo e quais séries pretendem maratonar \o

Lançamento - Até Eu Te Possuir


A Bienal do Livro de São Paulo está quase aí e alguns autores já foram confirmados e alguns lançamentos também, por isso hoje eu vou falar um pouco sobre um livro nacional que será lançado na Bienal.



"Até Eu Te Possuir é um suspense, que será lançado pela Ella Editorial, e que narra a história de Johanna Dorne, uma mulher que perdeu todas as pessoas que amou e que sofreu com um acontecimento marcante quando ela tinha 13 anos... Depois de se cansar de ser atingida pelas tragédias, resolveu viver quase reclusa.

Sem especialização, ela tem um emprego ordinário, que serve para parcamente pagar contas. Seu refúgio são os livros, já que tem uma enorme dificuldade em manter contato social. ( Mais alguém já se identificou com a personagem? \o HSUAHSAHU )

Tudo o que Johanna passou a transformou em uma pessoa autodepreciativa e bastante confusa em relação aos seus sentimentos; ela acredita que é amaldiçoada ou terrivelmente azarada, e toca a vida sem expectativa nem coragem de acabar com tudo.

Ela se rasteja pelo mundo por muitos anos, sobrevivendo apenas, até conhecer o charmoso contador Michel Brum, que aparece de forma despretensiosa na sua vida, e logo se mostra um homem atencioso e quase perfeito, não fosse por algumas atitudes que ela aprende a tolerar, já que ele a salvou da existência patética que levava.

Johanna passa a viver relativamente feliz, embora ainda guarde muita dor no seu coração. No entanto, quando ela pensa que a vida finalmente lhe concedeu uma trégua, Johanna descobre um segredo de Michel que a fará repensar a própria existência e a jogará de volta no abismo."

Parece ser um suspense, e até mesmo um drama, muito bom não é? Estou bem curiosa para saber primeiramente porque a personagem acabou dessa forma, e depois o que o Michel está escondendo?? Ele não deveria "salvá-la"?? Vou precisar ler para desvendar esse romance.


O livro é a estréia da Soraya Abuchaim como autora, ela é dona do blog Meu Meio Devaneio, que é um blog maravilhoso que sempre posso estou acompanhando, e vocês também podem acessar o blog e ler alguns contos da Soraya. Ela tem alguns contos publicados na Amazon, aqui!
E vocês podem comprar o Até Eu Te Possuir em pré-venda aqui! e ainda ganhar brindes exclusivos <3 E claro, dá para curtir a página dela no facebook e ficar sabendo de todas as novidades aqui!

Ou vocês podem comprar o livro no lançamento, que será na Bienal de São Paulo esse ano, e a autora Soraya estará no stand da Modo Editora nos dias 27/08 às 18:30 e 28/08 às 16:45.

E para finalizar o post, vou deixar alguns quotes e o booktrailer  só para vocês ficarem morrendo de curiosidade, assim como eu estou HUASHAH

“Quando quebramos um laço de confiança, mesmo que tecido por anos de convivência, fica difícil fazê-lo voltar à forma de antes. E para que um laço se rompa, basta uma atitude, uma frase, uma palavra.”

“No fundo, ela sabia que o fato de fazer aniversário não mudaria sua vida tanto assim, mas como qualquer ser humano, ela adorava marcos; eles sempre tinham o poder de transformar, de fazer iniciar um ciclo, da mesma forma que sua mãe escolhia começar uma dieta na segunda-feira.”

          

Por Favor, Ame-se



"Eu não quero mais ter medo do futuro, não quero mais perder noites de sono imaginando se serei bem sucedida ou não, se todos os sonhos que eu tenho irão se realizar. 

Eu não quero mais ter medo de falhar, não quero mais deixar de fazer algo que eu gosto por medo de não ser suficiente, não quero desistir antes mesmo de começar.

Eu não quero mais ter medo de ser eu mesma, não quero deixar de usar meu cropped top apenas por temer o que os outros vão pensar, não quero perder meu ruivo só porque ele não é do tom que os outros gostam.

Eu quero amar minhas roupas, minhas músicas, meus sonhos, meu cabelo, meu corpo, meus textos, meus livros, meus desenhos, meus vídeos, minhas criações. Quero conseguir amar sem medo tudo o que eu sou e o que eu faço. Quero ter orgulho de tudo o que eu crio e conseguir melhor mais a cada nova produção. Quero levantar a cabeça e conseguir dizer: "Sim, eu escrevi isso. Esses são meus pensamentos, meus sonhos e meus desejos." 

Quero mergulhar fundo no que me faz bem, até que meu corpo esteja transbordando amor e todo o medo tenha ido embora."

E é com esse texto, que eu demorei muito para decidir se deveria postar ou não, que eu venho deixar minhas sinceras desculpas para todos os leitores do Sétima. Eu não sei se alguém realmente gosta daqui, se alguém sentiu falta dos posts, mas a questão é que desde o final do ano passado eu não estava conseguindo gostar de nada do que eu escrevia, nem resenhas, nem tags, nem nada. Eu estava paralisada pelo medo, e não só em relação ao blog mas em quase tudo em minha vida. Nada do que eu fazia me agradava.

Eu preferi me afastar do blog por achar que não estava produzindo posts de qualidade do que escrever várias resenhas sem gostar de nenhuma. Até que eu percebi como o blog me faz bem e como eu sinto falta daqui, eu sei que meu blog não é o melhor mas se eu der o meu melhor talvez ele agrade alguém. 

Dramas e melancolias à parte, o Sétima voltou \o/ Uhuul e logo vai ter vídeo no canal do youtube também então não deixem de se inscrever AQUI . Muitas novidades chegando galera, espero que vocês gostem,

A to Z


A to Z é uma série ótima que conta a história do relacionamento do Andrew e da Zelda, desde quando eles se conhecem até por todos os problemas e os bons momentos deles. A história é tão boa, os personagens são cativantes, tanto os principais quanto os secundários que também possuem um ótimo papel na série.

Zelda é uma advogada que acredita em fatos reais e não acredita muito em amor ou destino, ela é mais pé no chão. O Andrew trabalha em uma empresa que tem um programa de relacionamentos (estilo Tinder) e ele é mais ingênuo, acredita totalmente no amor verdadeiro e no "destinados a ser" 
As empresas dos dois ficam no mesmo complexo mas mesmo assim eles nunca se conheceram até que a Zelda tem um problema com a inscrição no aplicativo do Andrew e eles acabam se esbarrando.



Os dois tem pensamentos muito diferentes mas mesmo assim resolvem se envolver e acabam tendo um relacionamento verdadeiro. A série mostra todas as situações que os casais passam, desde ex namorados, brigas, o medo de ser o primeiro a dizer aquelas palavras e até a indecisão de aonde vão passar o natal.

A série é verdadeira, não é uma coisa hollywoodiana com personagens perfeitos e com relacionamentos ideais, todos os personagens tem qualidades e defeitos, se sentem inseguros e mesmo assim se arriscam pelo o que acreditam.



Só tem 13 episódios porém acabam muito bem, o final fica em aberto já que na abertura falam " Andrew e Zelda vão namorar por 7 meses, 2 semanas, 5 dias e 1 hora" mas nunca falam o que acontece depois, eles terminam? Eles se casam? Acredito que o final fica a nossa escolha.

Uma fofura de série, é engraçada e ainda te deixa suspirando no final. E claro, mostra que existe sim amor, não é um amor perfeito mas é um amor ideal e realmente existem pessoas que são "meant to be".



Filmes Oscar 2016


Olá pessoal, tudo bom com vocês?? Que saudades de escrever no blog e de visitar vários blogs que eu amo <3 Agora que já estou mais resolvida na minha vida e com mais tempo vou voltar com o blog \o
E nada melhor do que já voltar com 3 mini resenhas dos filmes que estão concorrendo ao Oscar desse ano. 


O REGRESSO - MELHOR FILME, MELHOR ATOR LEO DICAPRIO (12 INDICAÇÕES)

"Está tudo bem, filho. Eu sei que você quer que isso acabe. Estou bem aqui. Mas você, não desista. Está me ouvindo? Enquanto puder respirar, continue a lutar."

O regresso é inspirado numa história real, e acompanha o inverno do explorador e caçador Hugh Glass. Ele se apaixonou por uma mulher da "tribo" inimiga e acabou tendo um filho com ela, sua família é tudo o que ele mais ama no mundo. 
Quando ele é atacado por um urso, ele precisa enfrentar o frio, os animais, a selva, os inimigos e principalmente, seus companheiros de caça, e lutar para sobreviver. Ele volta por vingança e o que o faz continuar sobrevivendo é o amor pela sua família.

O filme tem cenários lindos com neve, então de filmografia o filme está de parabéns. O DiCaprio quase não tem falas e mesmo assim consegue comover o espectador, vai que esse ano o Oscar é seu Leo \o/ Amei o filme porque ele passa essa mensagem de que não devemos nunca desistir, não importa o que aconteça, e que a família é a base de tudo.

4 Estrelas 



O QUARTO DE JACK - MELHOR FILME, MELHOR ATRIZ BRIE L. (4 INDICAÇÕES)

"Quando eu era pequeno, eu sabia de coisas pequenas. Mas agora eu tenho 5 anos, e sei de tudo".

Jack tem 5 anos e adora brincar com seu cachorro imaginário, adora ler, desenhar, ver tv e correr, o problema é que ele faz tudo isso num quarto de 10m² sem janela. Sua Mãe o ama mais do que tudo e tenta mantê-lo saudável e feliz, apesar de ela mesma não conseguir viver assim, afinal está há 7 anos em cativeiro. Os dois bolam um plano para conseguir fugir dali, só que eles não sabiam que poderia existir um lugar quase tão assustador quanto o que eles viviam: O mundo.

Só de pensar em o que falar desse filme já me dá um aperto no coração, ao mesmo tempo em que é lindo você ver o mundo pelos olhos de uma criança, é aterrorizante pensar que várias pessoas vivem em cativeiro, são privadas do mundo e da sua liberdade. Em alguns dias vemos a Mãe acabada, esgotada daquela vida e em outros vemos ela sendo forte e alegre e cuidando do Jack da melhor forma possível. A Brie Larson conseguiu transmitir tudo o que a protagonista estava passando e fez todo mundo entender o lado dela, ela tem que ser forte pelo filho mas mesmo assim, é difícil ser forte quando tomaram sua vida de você. Essa atriz me ganhou porque se ela não fosse tão boa, eu teria ficado indignada com algumas atitudes da personagem. E o ator que faz o Jack é a coisa mais fofa desse mundo <33 O filme todo é tão sensível e mostra como o amor de mãe e filho é forte e capaz de vencer tudo.


 4,5 Estrelas




BROOKLYN - MELHOR FILME, MELHOR ATRIZ SAOIRSE RONAN (3 INDICAÇÕES) 

"Se não há nada lá para uma jovem inteligente como você, muito menos haverá para esses homens. Alguns estão aqui há mais de 50 anos e perderam todos os seus contatos Esses são homens que construíram os túneis, as pontes, as estradas. Só Deus sabe como estão vivendo agora."

Eilis vive na Irlanda com sua mãe e com sua irmã, sem oportunidades de emprego e nem de estudos na pequena cidade na qual mora, ela decidi embarcar para os Estados Unidos com apenas uma mala. Lá ela consegue um trabalha e com a ajuda de um padre começa a estudar contabilidade, já que quer seguir a mesma carreira da irmã. Ela precisa aprender a viver sem a família num país totalmente diferente, lidar com um primeiro amor, ser a única mulher estudando negócios, e principalmente viver nos Estados Unidos enquanto seu coração está na Irlanda.

Com certeza esse foi o filme que mais me emocionou e é o meu favorito até agora. Só quem está se tornando adulto agora e lutando para conseguir ser alguém na vida (ou já fez tudo isso) vai conseguir sentir na pele tudo o que a protagonista passa. Ter que ir sozinha para um outro mundo, sem ajuda, ter que aprender em quem pode confiar e em quem não pode. E também tem o lado da irmã da Eilis, que fica na Irlanda para não deixar a mãe sozinha, então abandona o sonho de viajar e ter uma vida melhor para poder viver ao lado da mãe que está envelhecendo e não merece ficar sozinha. Só nos primeiros 30 minutos do filme já tem a visão das duas irmãs e eu sofri pelas duas. A Eilis também se apaixona pela primeira vez no Brooklyn, ela conhece um italiano chamado Tony que não tem estudos e faz trabalho braçal. A história também tem uma reviravolta de tirar o fôlego.

E o que eu mais gostei do filme foi a protagonista, a Eilis é a garota mais forte que já existiu, ela não deixa ninguém pisar nela, não abaixa a cabeça e sabe que não é inferior à ninguém, nem por ser irlandesa e nem por ser mulher. E o mais importante, ela também não pisa em ninguém para conseguir chegar onde deseja. Ela vai para o Brooklyn com a cara e coragem e não se deixa abater. Eu me peguei pensando em 2016 e eu ainda tenho problemas para conseguir me impor e não deixar ninguém me rebaixar, ela em 1930 não se intimidou por ser a única mulher cursando contabilidade. Melhor filme que infelizmente não vai ganhar o Oscar de Melhor Filme, mas que deveria HSUAHU

5 Estrelas

Também assisti A Garota Dinamarquesa mas esse vai ganhar um post especial, já adianto que amei o filme e tem o Eddie Redmayne né <3 Merece o Oscar

Agora vamos para as minhas apostas
Melhor Filme: Brooklyn - porém eu sei que vai ser Mad Max ou Spotlight
Melhor Ator: Leonardo DiCaprio (O Regresso) - porque ele merece né mas o Eddie também merece <3
Melhor Atriz: Brie Larson ( O Quarto de Jack)
Melhor Atriz Coadjuvante: Alicia (A Garota Dinamarquesa)
Melhor Diretor: Alejandro (O Regresso)

Me contem se vocês já assistiram os filmes indicados e quais são suas apostas para o Oscar desse ano \o/

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo